Flora do Ceará

Conhecer para Preservar

  • Malva
    Malva
  • Batata-de-Purga
    Batata-de-Purga
  • Ubaia-de-Raposa
    Ubaia-de-Raposa
  • Coroa-de-Frade
    Coroa-de-Frade
  • Juazeiro
    Juazeiro
  • Jitirana
    Jitirana
  • Grão-de-Galo
    Grão-de-Galo
O Projeto PDF Imprimir E-mail

As plantas (Reino Plantae) possuem grande importância para a vida no planeta Terra, estando presentes em quase todos os ambientes, acompanhando a espécie humana, há milhares de anos, constituindo indispensável fonte de recursos para os mais diversos fins e sem as quais a população humana não teria chegado a mais de seis bilhões de pessoas.

A vida humana depende direta ou indiretamente da diversidade de espécies vivas, animais, vegetais, microrganismos, (BIODIVERSIDADE) elementos fundamentais ao sustentáculo da vida em todo o planeta.

A consciência quanto a esta tão urgente questão vem crescendo dia a dia, no entanto a destruição dos ecossistemas cresce num ritmo muitas vezes maior, mesmo porque tal consciência ocupa as mentes de pesquisadores, estudiosos, ambientalistas, porém não constitui de modo geral preocupação/atenção daqueles que detém o poder nas suas diversas instâncias, e administram irresponsavelmente o patrimônio natural que lhes cabe, bem como da população em geral, como os habitantes de regiões interioranas, que na luta pela sobrevivência desmatam, queimam cada vez mais glebas, desconhecendo o mal que estão causando ao meio ambiente e finalmente a si próprios.

Muitas espécies são destruídas antes que se conheça o mínimo sobre elas, muitas desaparecem sem ao menos ser conhecidas, levando consigo um incomensurável potencial de utilização para o bem da vida humana, e/ou para o equilíbrio ecológico. Isto torna de urgência urgentíssima a aplicação de intenções, esforços e recursos, por parte dos governos bem como o envolvimento de toda a sociedade, pois em última análise a sobrevivência do homem depende disto.

Como parte integrante do universo que constitui a pesquisa em Biodiversidade, destacam-se os inventários Florísticos, ou seja o levantamento das espécies vegetais que naturalmente ocorrem em determinado local, ainda hoje escassos no Nordeste e em particular no Ceará.

Vale destacar que a par do avanço de campos da ciência como a biologia molecular, a citogenética, a transgenia, ainda é desconhecida grande parte dos organismos que habitam nosso meio, seu nome (Taxonomia), sua individualidade, seu hábitat, ciclo de vida, passo inicial a todo o edifício da pesquisa em seres vivos.

O senso comum, baseado na ignorância, de que muitas plantas não prestam para nada – o que leva à sua eliminação sumária à medida que são exploradas as glebas - é cada vez mais refutado à medida que novos princípios ativos de largo emprego medicinal e industrial são descobertos em plantas nativas, ou são esclarecidas suas funções ecológicas, de modo a reforçar o pensamento de que todo ser vivo possui sua importância no equilíbrio vital da Terra.

 

Importância das Plantas Nativas

Potencial genético de inestimável valor econômico como fonte de alimentos, fibras, remédios, madeira para uso estrutural na construção, carpintaria e marcenaria ou uso extrativo: resinas, gomas, óleos, corantes, taninos, látex de largo emprego na indústria de medicamentos, alimentos, cosméticos, vernizes; na arborização e no sombreamento de culturas agrícolas. Recursos potenciais possuidores de resistência a patógenos e a variações climáticas, indispensáveis nos processos de melhoramento de variedades cultivadas.

Valor ecológico, as espécies vegetais e suas interações proporcionam o equilíbrio a nosso planeta, influindo no clima, abrigam e alimentam animais e microrganismos. A vegetação nativa é responsável pela proteção de encostas e mananciais, evitando o assoreamento dos rios e reservatórios, a erosão, a compactação dos solos, a perda da fertilidade, a desertificação, enfim a degradação generalizada da natureza que leva inevitavelmente a deterioração das condições e da qualidade de vida das populações humanas.

Identificação

A identificação correta de um planta (Taxonomia Vegetal) é passo imprescindível, uma vez que constitui a porta de acesso a toda informação conhecida e em estudo sobre aquela espécie, pois cada espécie é única, havendo bastante confusão quando do emprego de nomes populares de região para região quando a mesma planta pode ter nomes diferentes ou o mesmo nome ser utilizado em espécies distintas, o que pode levar a graves problemas, como o uso indevido de uma planta indicada como medicinal, daí a importância do Nome Científico da espécie.

Partindo destes pressupostos básicos e sabendo-se que só se preserva o que se conhece, foi criado o Site FLORA DO CEARÁ, com plantas fotografadas e identificadas pelo autor em seu ambiente natural, com seus nomes científicos, com o necessário rigor taxonômico, numa forma de divulgar as belezas do mundo vegetal que coabitam em nosso estado nos diversos ecossistemas, no intuito de despertar o amor e respeito que todos devem ter pela natureza, da qual somos uma ínfima porém influente partícula.

O Site consta de fotos de plantas nativas nos ecossistemas presentes nas regiões fisiográficas Litoral, Sertão e Serras, do estado do Ceará.

Sobre o Autor

Antonio SérgioAntonio Sérgio Farias Castro, nasceu em 1967 em Cascavel, Ceará. É Engenheiro Agrônomo, formado na UFC, Especialista em Botânica.

Desde 1994 procede a viagens exploratórias de coleta e fotografia ao interior do Nordeste, principalmente do Ceará. Criou em 2006 o site Flora do Ceará, bem como tem feito exposições temáticas no intuito de divulgar as espécies nativas de plantas e incentivar a sua preservação. É pesquisador independente e atua primordialmente na taxonomia de angiospermas do Nordeste.